De que lado você está?

Vida ou Morte?

Justiça ou injustiça?

Florestas ou degradação?

Você deve estar se perguntando o porque dessa pergunta logo de cara, não é mesmo?

Após nossas aventuras fazendo as Entregas de mudas, dia 13/02/2018, terça-feira fomos a casa da nossa segunda mãe Lourdes Calais, uma de nossas famílias beneficiadas pelo projeto “Florestas para Água”,para plantar 200 mudas de árvores nativas e frutíferas!

Foi um dia de sujar as mãos, literalmente! Como sempre fomos muito bem recebidos com abraços, cafezinho,broa e começamos os trabalhos!

Foto 01: Nosso voluntário Scott plantando árvore. Fotos 02: Fazendo os berços. Fotos 03: Nossos voluntários carregando mudas.

Roçadeira, sorrisos, buracos, felicidade,mudas, brincadeiras, sol, terra, suor,cansaço…muito trabalho ! E como é gratificante ver as mudas plantadas em anos anteriores crescendo cheias de vida! Nada paga.

Almoço maravilhoso!

Como sempre, Lurdinha arrasa no almoço! Um almoço delicioso, de rei. Mandioca frita, quiabo com frango, macarrão com pato, hmm…que delicia sempre! Após almoço todos satisfeitos e o trabalho segue!

Lourdes e Faustino, sempre fazem um tour conosco e mostram todo o trabalho deles durante aproximadamente uns 15 anos! Há 33 anos atrás o Sítio Paraíso não havia água (isso mesmo, podem acreditar!).

Desde que mudaram para o sítio, eles vêem plantando árvores e fazendo várias barraginhas, que capta a água da chuva e favorece sua infiltração no solo, evitando erosão, e aumentando o abastecimento do lençol freático, favorecendo as nascente e vazão dos rios. Onde faltava água, hoje eles até criam peixes!!!

Foto 01: 2° nascente em fase de recuperação. Foto 02: Uma das barraginhas.

Com todas essas estratégias, já conseguiram recuperar uma nascente! Agora, estamos no processo da segunda. Nós, de Iracambi, temos orgulho em dizer que estamos desde de 2015 fazendo parte dessa linda história!

Como diria, Martin Luther king: “Se soubesse que o mundo se acaba amanhã, eu ainda hoje plantaria uma árvore.”

Infelizmente, como na vida nem tudo são flores! Fomos convocados por um grande amigo de luta, a irmos visitar um local que está possivelmente havendo um crime ambiental. O local fica pra cima da Cachoeira da Nelzira, numa propriedade que foi do Sr. Joaquim Rodrigues.

VEJAM  isso!!!

Foto 01: Pequena parte da área desmatada. Foto 02: Área total desmatada. Foto 03: outra parte da área desmatada.

Já foi avisado ao Instituto Estadual de Florestas, ao Parque Estadual da Serra do Brigadeiro e até mesmo a Polícia Ambiental, mas o desmatamento ainda continuava… após a ida de aproximadamente cerca de 22 pessoas para pressionar os órgãos e saber mais informações, o trator foi retirado na madrugada e encaminhamos uma denúncia para a Polícia Ambiental.

Que contradição!! Enquanto nós estávamos plantando árvores, tinha alguns cortando milhares delas!! É muito triste ver algo assim…

Por isso a pergunta no início do texto: Não basta apenas se lamentar, temos que lutar! Denunciar, fazer algum protesto.

Se você ver isso e não faz nada, você está sendo cúmplice do crime!

Tudo isso me fez recordar que, há exatamente um dia antes, foi completado os 13 anos do martírio da irmã Dorothy Stang, uma religiosa e heroína que ao ser questionada se estava armada, ela disse: “ Eis minha arma!” e mostrou a Bíblia. Leu as bem aventuranças em Mateus, 1-12 e em seguida foi assassinada com 6 tiros.

“Bem aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos Céus…”

Então, de que lado você está, caro leitor?!

Arielle Canedo
Coordenadora do Projeto Florestas para Água

0