O desafio do amanhã

Viver ou morrer? Ter ou não ter? Fazer ou não fazer?

Estas e várias outras perguntas do tipo estão a todo momento em nossas cabeças, tendo que decidir isso ou aquilo e quase nunca é fácil.

Na maioria do tempo, mesmo com todas estas perguntas, não nos preocupamos realmente tanto assim com o amanhã!

Você pode estar pensando: ”Mas como não? Tudo que eu faço é pensando no amanhã!” como muitos sempre me dizem. Mas, pense comigo, se realmente estivesse pensando e preocupado com o amanhã, estaríamos:

  1. Sofrendo com o grande problema da escassez de água que só tende a piorar ano após ano?
  2. Permitindo o uso de agrotóxicos que envenenam os alimentos que nós mesmos comemos?
  3. Aceitando o desmatamento ou a poluição da água e até o assassinato a queima roupa de um rio inteiro?

Até quando teremos amanhã? Não sei dizer exatamente, mas a cada ano estamos mais próximos de não ter amanhã e devemos nos lembrar disso todos os anos no Dia Internacional da Sobrecarga do Planeta, que comemora o dia que a humanidade já consumiu mais recursos do que a Terra é capaz de repor.

Só pra você ter ideia, olha que legal: Em 1987, comemoramos essa feliz data no dia 09/12, perfeito! Praticamente consumimos em um ano o que ela teoricamente é capaz de repor. Já em 2016 foi comemorada no dia 8 de agosto e em 2017 com adiantamento de 6 dias, comemorou-se o Dia do Esgotamento da Terra no dia 02/08. Representando que temos consumido quase o dobro do que deveríamos e o que é melhor ainda, a cada ano temos a certeza de não termos mais amanhã.

Mas calma, não precisa se preocupar! Pensa bem, se mantivermos o mesmo ritmo de consumo que tivemos em 2017 e a cada ano diminuir 6 amanhãs você ainda terá 35,6 anos de amanhãs até a Terra não conseguir repor qualquer recurso. Viu? Você ainda tem muito tempo, muitos amanhãs…

Isso, lógico que se manter o ritmo de consumo de 2017 e nenhuma catástrofe acontecer antes devido ao esgotamento da Terra.

Por isso, pensando apenas no amanhã, vou correr para trocar meu carro 2017/2018 por um 2018/2019 e com certeza comprar a nova versão do celular IPHO-M3RD4 porque a versão que comprei mês passado com certeza já está ultrapassada, sem falar das 5 Tvs em casa, das 2 geladeiras e das tantas outras coisas que tenho que trocar porque já tem 1 ano de uso.

E você, vai cair nessa onda comigo? Quem sabe a gente não consegue até comemorar o Dia do Esgotamento da Terra mais cedo esse ano?

Agora, se você é daqueles que pensa na vida, em ter um futuro equilibrado, pensando de fato em um amanhã saudável e sustentável. Conheça, se envolva e apoie uma organização que se dedica a promover a restauração ecológica, o desenvolvimento comunitário, a geração de renda alternativa e a educação ambiental. Mas, o mais importante de tudo é você pensar e repensar seu consumo, porque essa é a forma mais garantida de um amanhã verde, vivo e com saúde.

Virgílio Dornelas

0