A Serra do Brigadeiro

SerradoBrigadeiro

O Parque Estadual da Serra do Brigadeiro abriga uma das mais importantes áreas remanescentes de floresta semi-decídua da Mata Atlântica no estado de Minas Gerais. Faz parte da Reserva da Biosfera e, melhor ainda, está  localizada perto de Iracambi. Suas montanhas, vales e encostas protegem uma variedade enorme de biodiversidade, que inclui a maior população de Brachyteles hypoxanthus, (muriqui-do-norte).

As matas também abrigam uma variedade grande de espécies ameaçadas de fauna e flora, algumas das quais ainda desconhecidas pela ciência. O ecossistema do parque é rico em espécies vegetais como bromélias, peroba, ipê, orquídea, cajarana, jequitibá, óleo-vermelho e palmito doce. A neblina que, durante quase o ano todo, cobre os picos onde se localizam os campos de altitude, propicia as condições para a formação de um ecossistema rico em orquídeas, samambaias, liquens, bromélias, variedades de gramíneas, arbustos e cactos.

Na fauna diversificada presente no Parque Estadual da Serra do Brigadeiro, destacam-se a suçuarana ou puma, a jaguatirica, a caititu, o veado mateiro, o cachorro-do-mato, o tamanduá-de-colete, o caxinguelê, a preguiça-comum, o macaco-prego, o sagui-da-serra-escuro. Nas matas do Parque foram localizados onze grupos independentes de muriquis.

Um paraíso para observadores de pássaros, com uma lista que inclui o pavó, o papagaio-do-peito-roxo, o gavião-pomba, o tucano-do-peito-amarelo, o trinca-ferro e a araponga.

História do Parque

A idéia de criar um parque na Serra do Brigadeiro remonta à década de 80. No início da década de 90, foi feita uma proposta para incluir no parque todas as terras acima de 1000 m de altitude, cobrindo uma área de 33.000ha. Esta proposta enfrentou uma resistência considerável da parte dos agricultores familiares que habitavam a região, dando lugar a um processo de debate referente à melhor maneira de proteger as florestas sem colocar em risco o padrão de vida dos agricultores locais.

Como resultado deste debate, as divisas do Parque foram definidas com uma área de 13.000 ha, mais tarde estendida a 15.000 ha. A missão do Parque é proteger o patrimônio de Mata Atlântica na Serra do Brigadeiro, enquanto deve facilitar a pesquisa cientifica, educação e turismo ecológico e contribuir para o desenvolvimento das comunidades do entorno.

É um privilégio para Iracambi estar tão perto do Parque, e fazemos tudo o que está ao nosso alcance para apoiar os funcionários do parque nos seus esforços de cuidar do meio ambiente e ganhar o apoio  das comunidades locais. Faz anos que trabalhamos no conselho consultivo do Parque, e estamos firmemente comprometidos a conservar e expandir a área de floresta protegida onde temos a boa sorte de morar.